Doenças Digestivas

Cirrose Hepática

Cirrose Hepática

Download PDF O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE

Cirrose hepática é caracterizada pela desorganização da arquitetura lobular do fígado, definida histologicamente por fibrose e formação de nódulos regenerativos. É classificada em macronodular, quando formada por nódulos com diâmetro maior ou igual a 3 mm e micronodular, quando constituída por nódulos menores que 3 mm.

O padrão micronodular é mais frequentemente visto na etiologia alcoólica, enquanto a macronodular é mais comumente observada nas cirroses secundárias às hepatites virais.
As principais causas da cirrose hepática são as hepatites pelos vírus B e C e  doença alcoólica do fígado.


QUADRO CLÍNICO
As manifestações clínicas da cirrose hepática são variáveis, pode ser assintomática na fase inicial.
O histórico clínico deve incluir questionamento acerca da ocorrência de sintomas de descompensação da doença, tais como icterícia, febre, aumento do volume abdominal e edema dos membros inferiores.
Ao exame físico pode demonstrar presença de; ginecomastia, eritema palmar e aranhas vasculares no abdome.


DIAGNÓSTICO

  • História clinica e exame físico
  • Exames laboratoriais
  • Exames de imagem (ultrassonografia, tomografia computadorizado abdominal, ressonância magnética abdominal).


TRATAMENTO

O tratamento será abordado de acordo com a descompensação da doença.

A abordagem terapêutica da cirrose hepática compensada inclui:

- Tratamento da causa da doença

- Tratamento dos sintomas associados

- Prevenção de complicações e descompensação da doença

- Suporte nutricional

- Avaliação para transplante de fígado

Fale Conosco

Rua Dr. Ramos de Azevedo, 159
10º andar - Sala 1004 - Centro
Guarulhos - SP - Cep: 07012-020
Atendimento Whatsapp
Atendimento Whatsapp

REDES SOCIAIS

Facebook

Youtube

Linkedin

Podcast

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades