Anismo/ contração paradoxal músculo puborretal

Define-se anismo como a ausência de relaxamento dos músculos, puborretal e do esfíncter anal externo durante o ato evacuatório. Pode ser demonstrado por eletromiografia (EMG) anal e ou defecografia convencional e na defeco-RNM. Geralmente o paciente se queixa da dificuldade de iniciar a evacuação e sensação de esvaziamento retal incompleto. Nessa condição, a contração involuntária dos músculos estriados do assoalho pélvico impede a evacuação normal das fezes.

O anismo está muito presente nas crianças com encoprese e  adultos constipados. É mais comum nas mulheres do que nos homens, e sua prevalência aumenta com a idade.

Uma vez diagnosticado o anismo, o paciente deve ser encaminhado para  Fisioterapia pélvica. O tratamento inclui  a utilização de recursos com biofeedback, eletroestimulação, exercícios e terapia comportamental. O objetivo é facilitar o relaxamento muscular do assoalho pélvico. A adesão do paciente ao tratamento fisioterapêutico é de fundamental importância para o seu sucesso.

FÁTIMA REGINA BAZZUCO - FISIOTERAPEUTA | CREFITO/3-14486-F

Fale Conosco

Rua Dr. Ramos de Azevedo, 159
10º andar - Sala 1004 - Centro
Guarulhos - SP - Cep: 07012-020
Atendimento Whatsapp
Atendimento Whatsapp

REDES SOCIAIS

Facebook

Youtube

Linkedin

Podcast

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades

© 2022 DR. WILTON SCHMIDT CARDOZO | Coloproctologia - CRM 76971 - RQE 31477
Desenvolvido por A9 Marketing Digital
Desenvolvido por A9 Marketing Digital